UTI do Hospital do Gama abre mais seis leitos

Medida vai beneficiar, por ano, cerca de 144 pacientes críticos

Com as aquisições, atendimento permite menor tempo de espera aos pacientes | Foto: Breno Esaki / SES

A Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional do Gama (HRG) abriu mais seis leitos após a chegada de novos desfibriladores e monitores. Com as melhorias alcançadas pela manutenção predial e o empenho do GDF em garantir assistência de qualidade à população, a unidade hospitalar voltou a funcionar na sua capacidade máxima, de 20 leitos.​

“Reabrir esses leitos significa que a Secretaria de Saúde está promovendo uma melhor assistência à população, ainda mais em uma área tão importante como a UTI”, afirma a secretária-adjunta de Assistência à Saúde, Lucilene Florêncio. “Temos uma fila sob responsabilidade da regulação; e, quanto maior a entrega de leitos, menor será a espera dos pacientes.”

Atenção integral

Uma das beneficiadas com os investimentos no HRG é a aposentada Ozenita dos Santos, de 72 anos. Moradora de Ceilândia, a paciente precisou ser internada devido ao avanço de uma doença pulmonar crônica. Na UTI, ela recebe o atendimento humanizado, oferecido pela equipe de saúde, com direito até a ganhar trancinhas no cabelo. “Os profissionais daqui são muito atenciosos. Só tenho a agradecer a Deus”, elogia.

Ozenita está em um dos quatro leitos reativados recentemente na UTI. Eles se encontravam parados há quase dois anos por falta de dois desfibriladores e quatro monitores para verificar os sinais vitais. Com os equipamentos, doados pelo Ministério da Saúde, a equipe do setor estima ser possível atender nos quatro leitos, em média, 144 pacientes por ano, triados pelo Complexo Regulador da Secretaria de Saúde.

Mais leitos

 Em agosto, a SES recebeu, 80 monitores e 47 desfibriladores doados pelo Ministério da Saúde. Além do HRG, na primeira etapa das entregas dos equipamentos, serão contemplados também o Hospital da Região Leste (antigo Hospital do Paranoá), onde deverão ser reabertos cinco leitos, e o Hospital Materno Infantil de Brasília (Hmib), que terá quatro leitos pediátricos reativados.

Com informações da SES

Outras matérias

Governo Bolsonaro age para destruir Jornalismo com MP inconstitucional

Federação Nacional dos Jornalistas conclama categoria a defender a profissão e exige que Congresso atue como legislador, impedindo mais esse retrocesso A Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) e seus sindicatos filiados em todo o país denunciam a inconstitucionalidade da Medida Provisória 905/2019, que revoga a obrigatoriedade de registro para atuação profissional de jornalistas (artigos do […]

NOVAS MEDIDAS DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA CAUSAM INSTABILIDADE NO SETOR DE HABITAÇÃO

O governo Bolsonaro está reestruturando o programa Minha Casa Minha Vida. As mudanças já anunciadas estão causando incertezas e instabilidade para quem luta pelo direito à moradia. O programa MCMV é uma iniciativa de grande impacto na produção de casas de interesse social em todo o país. “Acreditamos na sensibilidade do governo. O número de […]

Desfile Tyrol & Co

A Tyrol & Co realizou um Desfile Primavera Verão das Multimarcas no dia 03 de Novembro, na divertida casa de festa Espaço Bedrock. A cantora participante do The Voice Brasil Lelê Alves fez um Pocket Show na passarela para os convidados e desfilou as roupas das marcas. A criançada desfilou, se divertiu e degustou várias delícias como doces, pirulitos, torta […]