Serie: Watchmen explora o passado de um dos personagens mais misteriosos da série

EPISÓDIO 6: THIS EXTRAORDINARY BEING

Imagem de Watchmen
Watchmen/HBO/Divulgação

Will Reeves (Louis Gossett Jr.) é uma das figuras mais intrigantes de Watchmen. Até agora, ele assumiu o assassinado do capitão de polícia Judd (Don Johnson), escapou (e retornou) do cativeiro de Angela (Regina King) para cozinhar ovos, fugiu em um veículo voador e, mais recentemente, apareceu ao lado da misteriosa Lady Trieu (Hong Chau), levantando mais perguntas do que respostas a cada cena que protagoniza. Felizmente, em “This Extraordinary Being”, sexto capítulo da minissérie da HBO, o passado do misterioso homem finalmente vem à tona em um dos episódios mais cinematográficos já exibidos na televisão nos últimos anos.

[Spoilers de “Watchmen – This Extraordinary Being” a seguir]

Assim como grande parte dos episódios da minissérie até agora, o sexto capítulo retoma quase do mesmo ponto em que “A Little Fear of Lightning” terminou na semana passada: após ingerir as pílulas de Nostalgia de Will, Angela começa a sentir os efeitos do remédio e a vivenciar as memórias do avô, para o desespero de Laurie (Jean Smart), que vê a detetive entrar em coma por causa da overdose. Desse ponto em diante, a Tulsa alternativa de 2019 dá lugar a uma antiga Nova York no final dos anos 1930, quando um jovem Will, vivido nessa fase por Jovan Adepo (Olhos Que Condenam), entra para a força policial da cidade.

Dirigido por Stephen Williams, “This Extraordinary Being” usa uma tranquila trilha sonora de jazz para dar uma atmosfera charmosa à tensa metrópole, infestada por racismo, violência e corrupção, que ganha um ar de filme clássico ao ser apresentada em preto e branco. Muito bem editado para parecer uma junção de longos planos-sequência, o capítulo é, visualmente, um dos mais bonitos da década e não ficaria deslocado se fosse transmitido em uma sala de cinema.

É nesse cenário que Will, após ser atacado por um grupo de policiais racistas, decide usar o capuz e corda utilizada por seus agressores como disfarce e se torna o Justiça Encapuzada, confirmando diversas teorias de fãs espalhadas pela internet desde o início da transmissão de Watchmen. Com o manto do herói e maquiagem branca cobrindo os olhos (contrastando com o disfarce que a neta usaria anos depois), o policial começa a investigar o Ciclope, grupo da Klu Klux Klan infiltrado na elite nova-iorquina, responsável por causar agressões entre cidadãos usando mensagens subliminares.

Evitando romantizar as escolhas do vigilante, o roteiro de Damon Lindelof e Cord Jefferson ainda apresenta sua relação com os Minutemen (grupo de vigilantes que antecede Watchmen) e o Capitão Metrópole (Jake McDorman), com quem engata uma relação sexual, confirmando os rumores criados pela série exibida no universo da produção American Hero Story. O episódio vai mostrando como, aos poucos, as experiências de vida de Will o deixaram violento e vingativo, a ponto de, eventualmente, matar os membros do Ciclope quando os outros “heróis” se negam a ajudá-lo na missão. Apesar de ser feita em menos de uma hora, a construção do Justiça Encapuzada e a exploração de sua vida civil é feita de maneira quase perfeita, tornando visível a ponte que leva o inocente policial a se tornar o vingativo e misterioso idoso que retorna à Tulsa para matar Judd.

“This Extraordinary Being” continua a tradição de Watchmen de derrubar paradigmas sobre super-heróis. Apesar de criar uma clara ligação entre Will e Clark Kent, o episódio também expõe os Minutemen como uma organização racista, com o Justiça Encapuzada sendo o único obrigado a manter o disfarce em frente aos colegas, que, como já dito antes, dispensam suas preocupações em relação ao Ciclope. Além disso, sua introdução à mídia é patrocinada por um banco que exibe uma caricatura extremamente ofensiva de um negro em seus anúncios. A relação de Will e Metrópole também é mostrada como algo não-romântico, mas como uma questão de identidade para o policial e uma oportunidade a ser explorada pelo colega vigilante.

Visualmente impressionante, o sexto episódio de Watchmen entrega muito mais do que sua maravilhosa fotografia. Mais uma vez, Lindelof expande com louvor a história dos personagens criados por Alan Moore e Dave Gibbons na graphic novel original, apoiado no enorme talento de uma equipe e elenco que entendem a qualidade do material que têm em mãos. Apesar de focar no passado, o novo capítulo da minissérie avança a trama por responder questões criadas nos primeiros minutos de exibição e criar mais um bom gancho para o episódio da próxima semana. Levando em conta os últimos dois capítulos da produção, Watchmen está pronto para, aparentemente, começar a revelar as respostas para quase todos os mistérios criados.

Outras matérias

Celebridades: Confira os finalistas da ‘Dança dos Famosos 2019’

Dandara Mariana, Kaysar Dadour, Regiane Alves e Jonathan Azevedo / Foto: TV Globo Na noite deste domingo (8) foram definidos os três finalistas do quadro ‘Dança dos Famosos’, do ‘Domingão do Faustão’. Dandara Mariana, Kaysar Dadour, Regiane Alves e Jonathan Azevedo disputaram as vagas dançando o ritmo samba. Para julgar os participantes, o júri artístico foi composto pela cantora Alcione, a humorista […]

Celebridade: Eliana celebra aniversário do Marido

Eliana e Adriano Ricco – Reprodução: Instagram Feliz aniversário! A apresentadora Eliana usou suas redes sociais neste domingo (8) para celebrar uma data muito especial: o aniversário do marido. O diretor de televisão Adriano Ricco está completando 42 anos e ganhou uma bela homenagem da amada. No Instagram, a loira compartilhou uma montagem onde ela aparece em vários momentos […]

Celebridade: Famosos Gisele Bündchen comemora 10 anos do filho

Gisele e o filho, Benjamin – Instagram Uma das modelos mais queridas do Brasil aproveitou o domingão (8) para homenagear o filho nas redes sociais. Gisele Bündchen postou uma foto fofa ao lado do herdeiro, Benjamin Reign, que está completando 10 anos. “Feliz aniversário, meu anjinho. Nem acredito que você já está fazendo 10! Quando você está […]