Seminário internacional debate redução da violência

Evento, que terá também pesquisadores e representantes de outros estados, é uma parceria com a ONU e produzirá material para o incremento de políticas públicas na área

Para disseminar experiências e contribuir para o debate sobre boas práticas voltadas à redução da violência, a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF) realiza, nos dias 25, 26 e 27 de novembro, o I Seminário Internacional Um novo olhar sobre a segurança pública.

O evento, que será realizado no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, é uma parceria com Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), e será a base para a produção de material para o incremento das políticas públicas na área de segurança.

Os palestrantes foram convidados com base em experiência e bons resultados nas estratégias adotadas em outros países para redução da violência.

Foto: Paulo Barros/Agência Brasília

Desta forma, serão compartilhadas experiências dos Estados Unidos, Argentina, Itália, Espanha, França, Inglaterra, Austrália, Israel, Paraguai e Colômbia.

Também serão debatidas boas práticas adotadas no Ceará, Rio Grande do Norte e na Controladoria-Geral da União, com a palestra que será proferida pelo ministro da pasta, Wagner de Campos Rosário.

Para o secretário de Segurança Pública do Distrito Federal, o delegado Anderson Torres, a troca de experiências será importante para melhoria dos programas e políticas que estão sendo aplicadas no DF.

“O evento tem o objetivo de disseminar experiências e contribuir para o debate sobre boas práticas voltadas à redução da violência e da sensação de insegurança, por meio de exemplos exitosos em outros países, avaliando sua aplicabilidade à realidade brasileira e, em especial, no Distrito Federal”.

A maior parte dos 450 participantes inscritos são das forças de segurança locais. Mas também participarão convidados de outros órgãos, como policiais legislativos, federais, servidores dos ministérios da Justiça (MJ) e de Segurança Institucional (GSI), tribunais federais e locais e secretarias de segurança de outros estados.

Também haverá participação de representantes do setor acadêmico, como Universidade de Brasília (UnB), Fundação Getúlio Vargas (FGV) e Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) e da sociedade civil, como Conselhos de Segurança (Consegs).


Palestras e temas

 Enfrentamento à Violência Contra a Mulher.
√ Combate a Corrupção e ao Crime Organizado.
√ Experiência Internacional de Polícia nas Américas.
√ Tecnologias na Gestão de Segurança Pública.
√ Sistema Penitenciário.
√ Atuação em Grandes Eventos e Manifestações e em situações de Catástrofes e Calamidades.
√ Gerenciamento de Crises e Uso de Meios Especiais


Outras matérias

casapark solidário e Coletivo Brain se juntam para apoiar a ONG Vida Positiva

O casapark solidário convidou o Coletivo Brain – formado por escritórios de arquitetura de Brasília – para juntos realizar uma ação abrangente de apoio ao Instituto Vida Positiva, que ajuda crianças e adolescentes que vivem e convivem com o vírus do HIV/Aids. A partir do dia 10 de julho, o público poderá participar desta ação […]

Aumenta interesse da população pelo planejamento urbano

Processo para garantir vaga no Conplan registra inscrição de 184 entidades civis. Elas ajudarão na formulação de políticas territoriais Transparência e abertura à participação popular seguem como marcas das ações do GDF, e a comunidade dá retorno. Assim é que o processo seletivo para preencher 15 vagas destinadas à sociedade civil, no Conselho de Planejamento […]