Saúde: Estudo descobre os ‘genes do suicídio’

Um estudo publicado no periódico científico Molecular Psychiatry mostrou os detalhes do ‘genes do suicídio’

Há muito tempo se questiona o motivo de algumas pessoas pensarem em cometer suicídio, e a resposta para essa questão é extremamente ampla. No entanto, recentemente os cientistas apuraram que a genética está entre as causas mais comuns. Sim, é possível herdar ‘o gene do suicídio’.

Um artigo publicado no periódico científico Molecular Psychiatry revelou que 50% dos casos nos Estados Unidos ocorrem por razões hereditárias. E demonstrou, ainda, quais genes estão ligados às tendências suicidas.

Para efeitos da pesquisa, os investigadores reuniram pessoas de 43 famílias que já haviam tido algum caso de suicídio (em qualquer geração) e, como tal, estavam categorizadas na margem de ‘risco’. De modo a que os resultados da pesquisa não fossem alterados, os indivíduos selecionados foram restritos à mínima influência externa.

Durante a experiência foram detectados quatro genes que seriam os culpados por surgir esse estado psicológico extremo. Estes estariam divididos em vários cromossomos da seguinte forma: uma variante na proteína SP110, uma na AGBL2, outra em SUCLA2 e, por fim, na proteína APH1B.

No entanto, é possível que esses genes não sejam os únicos. Outros 200 foram mapeados e supostamente podem estar dentro dos ‘genes do suicídio’. Entretanto os autores do estudo sublinham que é necessário realizar mais pesquisas profundas para chegar à gênese da questão.

Serviços telefônicos de apoio emocional e prevenção ao suicídio no Brasil

CVV

http://www.cvv.org.br

https://www.cvv.org.br/chat/  (suporte por bate-papo)

Telefone: 188

Email: [email protected]

Outras matérias

Pets: Zoonoses vacinou mais de 180 mil cães e gatos em 20 meses

Trabalho da saúde ajudou a colocar o DF como referência nacional em cobertura vacinal contra raiva. Foto: arquivo Secretaria de Saúde O Distrito Federal é referência nacional em cobertura vacinal contra a raiva em animais domésticos. Pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que, em 2019, o DF tinha a maior proporção […]

‘Quem abusa de criança não tem transtorno mental, só se sente no direito’

Legenda da foto,Luciana Temer é presidente do Instituto Liberta, que atua no combate à exploração sexual de crianças e adolescentes O discurso de que o abuso sexual de crianças e adolescentes é uma violência excepcional e praticada por “monstros” é parte das ideias que a advogada Luciana Temer quer combater. “Minha briga é mostrar para […]