Queima de fogos na praia de Copacabana, Réveillon Rio 2019

Queima de fogos em Copacabana terá duração de 14 minuto

Segundo a prefeitura, o tema da festa, Amor a Cada Vista, remete à beleza natural e arquitetônica do Rio de Janeiro, que, em 2020, será a primeira Capital Mundial da Arquitetura, título concedido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e pela União Internacional dos Arquitetos (UIA).

A tradicional queima de fogos terá 14 minutos de duração. O espetáculo pirotécnico contará com trilha sonora sincronizada e começará à meia-noite. Serão 10 balsas, com 16,9 toneladas de fogos com bombas de alto, médio e de baixo calibre e artefatos inéditos.

A estrutura da festa terá ainda sete telões para o público acompanhar os shows, 16 torres de comunicação com sonorização, 800 banheiros químicos, quatro postos médicos e 30 torres da Polícia Militar.

O palco principal terá apresentações de Anayle Sullivan, Allyrio Mello, Diogo Nogueira, Ferrugem, DJ Marlboro e Escola de Samba da Mangueira.

Haverá festa da virada em mais oito palcos distribuídos em diferentes bairros, localizados no Flamengo, com direito a queima de fogos disparados de três balsas, Ilha de Paquetá, Ilha do Governador, Parque de Madureira, Sepetiba, Guaratiba, Piscinão de Ramos e Penha. Já na Barra da Tijuca, serão 12 pontos de queima de fogos, com duração de 5 a 15 minutos.

Por Agência Brasil
Edição: Nádia Franco

Outras matérias

OMS quer mais evidências sobre transmissão da covid-19 pelo ar

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou nessa quinta-feira (9) novas diretrizes sobre a transmissão do novo coronavírus, que reconhecem alguns relatos de transmissão pelo ar do vírus causador da covid-19. A instituição, no entanto, não chegou a confirmar que o vírus se propaga pelo ar. Em suas diretrizes mais recentes sobre transmissão da doença, a OMS […]

Associação de Doadores de Sangue de SP comemora resolução da Anvisa liberando doação de sangue por homossexuais

O presidente da Associação, Sérgio Valentim, que vinha cobrando um posicionamento do órgão regulador desde que o STF votou a questão em maio, comemora a decisão, crucial para salvar vidas neste momento de pandemia  À  agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) revogou a medida que restringia a doação de sangue por homossexuais do sexo masculino. […]

Mulheres grávidas devem se preocupar com a saúde vascular

De acordo com estimativas da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV), há uma prevalência média da TVP de 38% na população geral brasileira, sendo encontrada em 30% dos homens e 45% das mulheres, levando em consideração todas as faixas etárias. Quanto mais idoso maior a prevalência sendo que 70% das pessoas acima […]