Ossobuco comemora ao aniversário de Brasília

Ossobuco e Centro Cultural Banco do Brasil comemoram o protagonismo de Brasília;O projeto se baseia na ideia de que todo mundo tem histórias extraordinárias para contar

Na próxima terça-feira, 28 de abril, o circuito de palestras Ossobuco – Mais Tutano pra sua Vida, que comemora 10 anos de existência em 2020, realiza a segunda edição do Ossobuco Na Sua Casa trazendo histórias de três personagens ligados à vivência de Brasília. Apesar da mudança no formato provocada pela pandemia, a essência, que é dar palco para pessoas contarem suas histórias de vida, se mantém.

A temática central da atividade de abril será o aniversário dos 60 anos de Brasília. Heloisa Rocha, uma das organizadoras e mediadora da atividade há seis anos, explica que “o Ossobuco sempre refletiu histórias de pessoas da cidade, que mantinham com ela uma relação muito intrínseca”. Assim, o desafio da edição especial foi colocar Brasília como protagonista desse momento histórico e, a partir daí, procurar os convidados que tivessem a cidade refletida nos seus trabalhos.

Nesse sentido, o Ossobuco Na Sua Casa abre espaço para Pedro Sangeon falar sobre como a cidade é parte fundamental da criação e inspiração do seu personagem Gurulino, cujos desenhos estampam produtos e paredes e revelam, com muito bom humor, uma espiritualidade urbana. Viviane Costa é jornalista e vai contar sobre a transição na carreira profissional, deixando um mercado de trabalho em que atuava há 17 anos para se dedicar a um projeto próprio focado na comunidade, um canal nas redes sociais onde fala sobre gastronomia, serviços, entretenimento e histórias de pessoas locais. Tomás Bertoni é musico e tem uma longa carreira de promoção da cultura da capital, nessa edição vai revelar como é possível Aprendendo Fazendo, da Scalene ao CoMA, “porque eu faço tudo que faço? Ao final do ciclo de uma década acho que entendi. E agora?”.

Tanto no modelo presencial, quanto no virtual, cada participante tem 10 minutos para falar e depois o público é convidado a interagir. A primeira experiência após a migração para a internet aconteceu em março. Denise Köche, organizadora e curadora de conteúdo, revela que “num primeiro momento se pensava basicamente em como fazer o modelo funcionar não perdendo características do padrão presencial que envolve acolhimento e interação, em que as pessoas, palestrantes e espectadores, se sentem à vontade para falar”. Para a grata surpresa de todos, o engajamento foi muito forte, com câmeras abertas, e as pessoas relacionando-se de maneira fluida via chat. Outro ponto relevante é que a versão remota permite trazer audiência de fora de Brasília, aproximando a capital federal de outras cidades.

O evento em ambiente remoto terá patrocínio do Banco do Brasil e é realizado em parceria com o Centro Cultural Banco do Brasil, que ao longo de 2019 recebeu nove edições presenciais com 35 palestrantes. A edição comemorativa de aniversário será transmitida pela página no Facebook do CCBB Brasília e do Ossobuco simultaneamente, a partir das 20h.

Palestrantes:

Pedro Sangeon é artista urbano, ilustrador, quadrinhista e Concept Artist. Cria personagens para quadrinhos, livros e animações. É também criador do Gurulino – personagem de arte urbana reconhecido pelo Retrato Brasília e pela Unesco como um dos ícones contemporâneos Brasiliense, com perfil no Instagram @gurulino. É autor de uma coluna dominical no Jornal Correio Braziliense há quase quatro anos, onde conta pelos quadrinhos o universo do Gurulino e seus personagens.

Tomás Bertoni é músico e fundador da banda Scalene. Dos eventos undergrounds do DF para o Lollapalooza, Rock in Rio e SXSW. Vencedor do Grammy Latino de melhor álbum de rock de 2016. Produtor de eventos desde o início da carreira na música. Tocou projetos como o Rock Sem Fronteiras e o Festival Tenho Mais Discos Que Amigos. Experiência que culminou na criação do Festival CoMA em 2017, que rapidamente se tornou um dos principais festivais independentes do país. CoMA é a sigla para “Consciência, Música e Arte”. A partir desses três pilares, o Festival vai além da experiência básica de shows e tem como um dos principais objetivos o desenvolvimento da cadeia produtiva da cultura local.

Viviane Costa: trabalhou na TV Globo durante 17 anos. De 2011 a 2019 apresentou o Globo Esporte Brasília, criando programas especiais com foco na superação de desafios. Cobriu política pela GloboNews, emplacou reportagens em jornais de âmbito nacional e cobriu o noticiário local como repórter e apresentadora. Trabalhou na Rádio Vaticano, em Roma, como produtora, repórter e apresentadora. Em 2019, migrou do mercado profissional para algo próprio e focado na comunidade, com um olhar especial das quadras de Brasília.

Serviço:

Ossobuco Na Sua Casa

28 de abril

20h

Transmissão: página no Facebook do CCBB Brasília, retransmissão para a página do Ossobuco na mesma rede social

Classificação indicativa livre

Confira a programação CCBB Brasília nas redes sociais:

Facebook/ @ccbb.brasilia | Twitter/ @ccbb_df | Instagram/ @ccbbbrasilia

Outras matérias

Governador Ibaneis Rocha segue internado e despacha de hospital

Ele foi hospitalizado na quarta (03/06) para realizar exames após ter se submetido a uma videolaparoscopia no abdômen em 26 de maio. Ogovernador Ibaneis Rocha (MDB) continua despachando de dentro do Hospital DF-Star. Internado na unidade particular desde a última quarta-feira (03/06) para realizar exames após ter se submetido a uma videolaparoscopia no abdômen, no fim de maio, […]

#Luto : Cantora gospel Fabiana Anastácio morre por complicações da covid-19

Nota de falecimento foi publicada no perfil da artista nas redes sociais na manhã desta quinta-feira (4). Cantora Fabiana Anastácio — Foto: Reprodução/Facebook A cantora gospel Fabiana Anastácio, de 45 anos, morreu em São Paulo na manhã desta quinta-feira (4) vítima do novo coronavírus. A nota de falecimento foi publicada no perfil da artista nas […]