Internacional: Por que surpreende que agora Maduro aprove uso do dólar na Venezuela

Nicolás Maduro
Image caption A declaração de Maduro causou surpresa uma vez ele sempre se posicionou contra o dólar

É a moeda do “império”, como a retórica chavista costuma se referir aos Estados Unidos, mas Nicolás Maduro agora acredita nela.

O presidente da Venezuela defendeu em entrevista no domingo o crescente papel que o dólar desempenha na economia do país, como uma “válvula de escape” diante da crise — declaração que contrasta com o discurso adotado há anos pelo seu governo.

O país enfrenta uma grave crise econômica. Segundo estimativas do Fundo Monetário Internacional (FMI), o Produto Interno Bruto (PIB) foi reduzido em mais da metade desde 2013, ano em que Maduro chegou ao poder. E a hiperinflação, que, segundo o Banco Central da Venezuela, encerrou 2018 acima de 130.000%, faz com que a moeda nacional, o bolívar, perca constantemente seu valor, o que incentiva cada vez mais o uso do dólar.

Um relatório recente da consultoria Ecoanalítica estima que as transações em dólar já representam mais de 53% do total. Em Maracaibo, uma das cidades mais importantes do país, correspondem a 86%.

Fonte: BBCBrasil

Outras matérias

GDF: Mais um passo na produção de energia limpa no DF

Usina fotovotaica é inaugurada em São Sebastião. Consolidação da matriz energética é uma das metas do Plano Estratégico 2019-2060 Diversificar a matriz energética do Distrito Federal é fundamental para garantir o futuro e a qualidade de vida dos brasilienses. Nesse sentido, o Governo do Distrito Federal (GDF) vem apoiando a geração de energia limpa, como […]