Hran realiza força-tarefa de cirurgias de ginecomastia

Resultado de imagem para cirurgia de ginecomastia pelo sus"Ação do Novembro Azul beneficiou 15 pacientes

Uma parceria da Secretaria de Saúde com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica promoveu uma força-tarefa de cirurgias reparadoras de ginecomastia, no Hospital Regional da Asa Norte (Hran). A ação beneficiou 15 pacientes, trazendo autoestima e vida nova.

“É uma ação voluntária promovida dentro da programação do Novembro Azul do Hran. Essa iniciativa impacta muito na qualidade de vida dos homens e a cirurgia ajuda a melhorar bastante a autoestima do paciente”, ressalta o diretor do Hran, Leonardo Sousa.

A cirurgia reparadora de ginecomastia é realizada em decorrência do crescimento mamário masculino, que pode ter causas diversas, como disfunção hormonal e obesidade. Esse tipo de procedimento é realizado, além do Hran, nos hospitais regionais de Taguatinga e Sobradinho.

A força-tarefa conta com 25 profissionais, entre cirurgiões plásticos, anestesistas, enfermeiros e técnicos de enfermagem. Os pacientes atendidos por esses profissionais estão na ordem de atendimento, de acordo com o quadro clínico.

“Para ter atendimento e verificar a possibilidade de uma cirurgia é preciso procurar uma unidade básica de saúde, que fará o encaminhamento para o setor de triagem do Hran. Depois dessa triagem, haverá um encaminhamento para o setor do ambulatório especializado”, explica o responsável técnico da Cirurgia Plástica, Altino Rezende.

Mudança

A cirurgia de ginecomastia é considerada uma intervenção reparadora. Além dos aspectos físicos, ela tem grande impacto no emocional dos pacientes.

“A cirurgia vai melhorar a minha autoestima. Desde a adolescência venho sofrendo com as brincadeiras dos colegas, da vida escolar até a minha vida profissional. A cirurgia representa uma conquista e uma mudança de vida”, pontou o auxiliar administrativo, Bruno Botelho, de 24 anos.

Já o estudante Vinícius Freitas, 21 anos, conta o quanto a cirurgia mudará a sua vida. Ele já faz planos para jogar bola e ir à praia. “Fazer essa cirurgia representa uma nova fase. A aparência era algo que atrapalhava a minha vida. Eu não me sentia confortável com os olhares das pessoas sempre que precisava tirar a camisa. Agora vou ter uma vida mais tranquila. Vou poder jogar bola e ir à praia sem atrair os olhares que tanto me incomodavam”, conclui.

Novembro Azul

Novembro tornou-se o mês para alertar os homens sobre os cuidados com a saúde. É uma campanha importante para dar visibilidade às ações de autocuidado e alertar sobre a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de próstata.

* Com informações da Secretaria de Saúde

Outras matérias

BSB: Grupo usa caixas de leite para isolar paredes de barracos contra o frio

Projeto batizado de Paredes do Bem é coordenado por voluntários do Senado Federal e vai entregar placas térmicas para aquecer moradias no DF. Estamos no período de inverno e o Distrito Federal tem registrado dias gelados desde o início do mês de junho. Nas áreas mais vulneráveis da capital da República, muitas famílias vivem em condições […]

Arte: Faculdade de Artes Dulcina de Moraes apresenta espetáculo online “Não é preciso ser feliz para recomeçar”

Não é preciso ser feliz para recomeçar, de Fernando Guimarães Considerações sobre uma epidemia Em média-metragem resultado de uma pesquisa das linguagens literária, dramatúrgica e cinematográfica, o novo trabalho do diretor Fernando Guimarães traz para a Mostra Dulcina personagens que relatam histórias de isolamento “Sei que o homem é capaz de grandes ações. Mas se […]