Hong Kong pode proibir uso de máscaras em manifestações

A mídia de Hong Kong disse que o governo decidiu recorrer a forças de emergência para tentar  conter protestos.

O anúncio foi feito após uma reunião do painel de consultoria nesta sexta-feira (4).

A Lei de Regulamentação de Emergência permite que a chefe do Executivo, Carrie Lam, faça os regulamentos sem a aprovação do Conselho Legislativo.

Muitos manifestantes contra o governo usam máscaras e óculos para se protegerem do gás lacrimogênio e ocultar identidades.

Legisladores a favor de Pequim exortam o governo a proibir o uso de máscaras, dizendo que elas incentivam os manifestantes a tomarem ações extremas.

É a primeira vez que é utilizada a Lei de Regulamentação de Emergência desde 1967, ou seja, 30 anos depois da devolução do território – que estava sob o controle britânico – à China.

Com informações,Por NHK (emissora pública de televisão do Japão)  HONG KONG

Fonte: Agencia Brasil

Outras matérias

Jornalista Fabiana Ceyhan, e outros dois Brasileiros visitam um dos maiores grupos empresariais da Indonésia

Aconteceu hoje, 14 de outubro,em Jacarta, na Indonesia, um Fórum de Negócios com países da América Latina e Caribe. Os jornalistas brasileiros participaram do evento, onde estiveram presentes vários embaixadores de países da América do Sul, empresários e jornalistas. Durante o Forum, foi exibida uma apresentação do grupo Sinarmas, um dos maiores grupos de empresas […]

Acordo Mercosul-UE pode impactar economia brasileira em US$ 79 bilhões

Estimativa é da Confederação Nacional do Comércio O acordo comercial entre o Mercado Comum do Sul (Mercosul) e a União Europeia (UE), fechado no fim de junho, deve impactar a economia brasileira em US$ 79 bilhões até 2035. A estimativa é da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), que divulgou hoje […]

Coisas boas estão acontecendo em reuniões com a China, diz Trump

O presidente americano, Donald Trump, afirmou há instantes no Twitter que “coisas boas estão acontecendo nas reuniões com a China”, que ocorrem desde ontem em Washington.  Trump reiterou que se encontrará hoje com o vice-primeiro-ministro chinês Liu He, que lidera a delegação do lado asiático. Segundo a agenda oficial de Trump, o encontro está marcado […]