Em Brasília: 1º seminário do Programa Criança Feliz Brasiliense

Na manhã da última segunda-feira (21/10), no auditório da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), em Brasília, aconteceu a abertura do I Seminário de Primeira Infância do Programa Criança Feliz Brasiliense.

Participaram da abertura a presidente da Frente Parlamentar da Primeira Infância do DF, deputada distrital Júlia Lucy (NOVO); os secretários Osnei Okumoto (Saúde); Gustavo Rocha (Justiça e Cidadania); Ricardo Guterres (Desenvolvimento Social); Éricka Filippelli (Mulher); a vice-presidente da Frente Parlamentar Mista da Primeira Infância, deputada federal Paula Belmonte; a coordenadora da Unidade de Família, Gênero e Curso de Vida da Representação da OPAS/OMS no Brasil, Haydée Padilla; o presidente do Iges/DF, Francisco Araújo, entre outros convidados.

O evento contou ainda com a presença da Madrinha do projeto, a primeira-dama Mayara Noronha, que destacou a importância da implementação de políticas públicas que garantam o estímulo e o desenvolvimento das crianças na primeira infância. O público-alvo do programa são famílias cadastradas no Bolsa Família.

O evento de abertura faz parte do plano de ação do Programa Criança Feliz Brasiliense promovido pelo Governo do Distrito Federal, por meio da Subchefia de Políticas Sociais e Primeira Infância da Governadoria, e da Frente Parlamentar da Primeira Infância da Câmara Legislativa do DF.

O intuito é difundir ações integradas da primeira infância junto aos integrantes do sistema de Justiça, Saúde, Mulher, Assistência Social, Educação, Cultura e Esporte. Concorrendo com 400 outros programas no mundo todo, ele foi vencedor do Wise Awards 2019 – um dos maiores programas em Educação mundial.

Representando o ministro Osmar Terra, o secretário Especial de Desenvolvimento Social, ministro da Cidadania em Exercício, Lelo Coimbra, fez uma apresentação didática sobre a importância dos primeiros mil dias da criança. “A fase do estímulo é fundamental”, pontuou. Também falou sobre o desafio de desenvolver o programa no DF. Em seis meses, no país, mais de 2.600 municípios se inscreveram no programa e quase 800 mil são beneficiários. Ainda segundo o ministro, cerca de 23 mil pessoas atuam diretamente no programa.

Ascom | Deputada Distrital Júlia Lucy (NOVO)

Outras matérias

Governo Bolsonaro age para destruir Jornalismo com MP inconstitucional

Federação Nacional dos Jornalistas conclama categoria a defender a profissão e exige que Congresso atue como legislador, impedindo mais esse retrocesso A Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) e seus sindicatos filiados em todo o país denunciam a inconstitucionalidade da Medida Provisória 905/2019, que revoga a obrigatoriedade de registro para atuação profissional de jornalistas (artigos do […]

NOVAS MEDIDAS DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA CAUSAM INSTABILIDADE NO SETOR DE HABITAÇÃO

O governo Bolsonaro está reestruturando o programa Minha Casa Minha Vida. As mudanças já anunciadas estão causando incertezas e instabilidade para quem luta pelo direito à moradia. O programa MCMV é uma iniciativa de grande impacto na produção de casas de interesse social em todo o país. “Acreditamos na sensibilidade do governo. O número de […]

Desfile Tyrol & Co

A Tyrol & Co realizou um Desfile Primavera Verão das Multimarcas no dia 03 de Novembro, na divertida casa de festa Espaço Bedrock. A cantora participante do The Voice Brasil Lelê Alves fez um Pocket Show na passarela para os convidados e desfilou as roupas das marcas. A criançada desfilou, se divertiu e degustou várias delícias como doces, pirulitos, torta […]