Economia:Endividamento cresce em janeiro e atinge 81,1% das famílias brasilienses

Resultado de imagem para dividas negativadas"

O endividamento das famílias brasilienses cresceu em janeiro de 2020 na comparação com dezembro de 2019. De acordo com a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgada pela Fecomércio-DF, o número de famílias com algum tipo de dívida na capital passou de 790.972 em dezembro do ano passado para 806.375 no primeiro mês deste ano.

Significa que 81,1% das famílias brasilienses estão endividadas em janeiro, ante 79,7% em dezembro. O montante de famílias com contas em atraso também cresceu: passou de 114.322 mil famílias, para 123.841 mil em janeiro. Na comparação com o ano passado, o endividamento também está um pouco mais alto. Em janeiro de 2019, o percentual de endividados era de 79,2%.

O presidente da Fecomércio-DF, Francisco Maia, afirma que alguns fatores explicam o crescimento do endividamento em janeiro, como os gastos extras de fim de ano e os pagamentos relacionados ao segmento de educação. “O primeiro mês do ano é, geralmente, um período mais pesado para os consumidores, que precisam pagar parcelas dos presentes de Natal, viagens e compras de material escolar. Esses gastos acabam afetando o orçamento das famílias que apelam para o cartão de crédito, o maior instrumento gerador de endividamento”, diz Francisco Maia.

O estudo mostra ainda que 2,3% dos entrevistados afirmaram estar muito endividados; 10,1% mais ou menos endividados; 68,7% pouco endividados e 18,9% não tem dívidas. Dentre os endividados, 43,1% disseram possuir algum tipo de dívida há 30 dias; 31,3% entre 30 e 90 dias e 25,6% acima de 3 meses. O cartão de crédito continua sendo o maior vilão das famílias do DF: 94,2% disseram estar comprometido com o crédito.

Fecomércio-DF

 

Daniel Alcântara

(61) 99649-5560

Outras matérias

GODIVA anuncia parceria com o Pão de Açúcar para trazer produtos icônicos para o Brasil

GODIVA, a marca líder mundial em chocolates premium, anuncia uma parceria com a rede de supermercados Pão de Açúcar para oferecer os seus deliciosos produtos aos amantes de chocolates no Brasil. Esta é a primeira vez que a icônica marca de chocolates estará disponível para os consumidores na América do Sul, com a exceção de free shops em aeroportos […]