Economia: IAF alerta para empobrecimento da classe média com a Reforma Tributária

Resultado de imagem para empobrecimento da população brasileiraO Instituto dos Auditores Fiscais do Estado da Bahia (IAF) alertou que as proposições da Reforma Tributária, especificamente a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 45, sacrificarão, sobretudo, os cidadãos da classe média. Os serviços, hoje com alíquota máxima de 5%, passarão a ser tributados a 20, 25%, de modo que os serviços consumidos pela classe média terão alta significativa de preços, assim também como outras modalidades de expressão de riqueza, como os bens intangíveis e direitos em geral.

De acordo com Vladimir Morgado, diretor jurídico do IAF, com a implementação do Imposto sobre Bens e Serviços (IBS), com alíquota estimada entre 20% e 25%, calibrada de forma que a União, Estados e Municípios não tenham perdas na arrecadação atual, componentes da classe média perderão o poder de compra. “Muitas mercadorias atualmente isentas ou com alíquotas abaixo de 12% passarão com o novo imposto a ter carga tributária no mínimo dobrada ou triplicada. Todavia, o problema, novamente, vai “cair no colo” da classe média”, afirmou Morgado, ressaltando que a política liberal que retornou com toda a força no mundo inteiro pode trazer como consequência o empobrecimento da classe média no Brasil, ainda que tenha a intenção de incentivar o empreendedorismo, captar novos empregos e incrementar a renda. “A construção deste ambiente favorável para o surgimento de empresas pode não encontrar um mercado consumidor sadio de sorte que, indefectivelmente, terão os empresários, pelo menos os mais competentes, a estreita alternativa de exportar produtos e serviços para outros países”, completou.

Ainda assim, o diretor do IAF ressaltou a necessidade e importância de uma ampla e urgente reforma tributária nacional; “É preciso simplificar as obrigações tributárias e reduzir a quantidade de tributos sem onerar os fragilizados e nem desonerar, excessivamente, os fortalecidos. Acaso repitamos o erro, teremos outra vez uma reforma tributária incompleta, enviesada e injusta”, pontuou.

Outras matérias

Pets: Zoonoses vacinou mais de 180 mil cães e gatos em 20 meses

Trabalho da saúde ajudou a colocar o DF como referência nacional em cobertura vacinal contra raiva. Foto: arquivo Secretaria de Saúde O Distrito Federal é referência nacional em cobertura vacinal contra a raiva em animais domésticos. Pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que, em 2019, o DF tinha a maior proporção […]

Economia:Após alta do arroz, entenda por que crise econômica deixará preços estáveis

Um dos inúmeros memes que invadiram a internet na semana passada mostra a vilã Nazaré Tedesco, interpretada por Renata Sorrah na novela da TV Globo Senhora do Destino, de 2005, fugindo com um saco de arroz de cinco quilos. Na cena original, Nazaré carregava um bebê roubado, cuja família estava no seu encalço. A brincadeira mostra […]