Diretor afirma que derivada de “Gossip Girl” terá maior representatividade

Atualizando a série, o roteirista da derivada de “Gossip Girl” — chamado Joshua Safran — afirmou que a nova série vai ter muito mais representatividade. A declaração foi feita durante uma entrevista ao Vulture publicada no último final de semana.

Para Joshua, o seriado original não necessariamente refletia a realidade das escolas de sua época. Veja o vídeo:

Vídeo incorporado

“A versão original não tinha muita representatividade. Mesmo quando eu frequentava uma escola privada de Nova York nos anos 90, a escola não necessariamente refletia o que tinha em ‘Gossip Girl’. Por isso, desta vez, os protagonistas não são brancos e há muito conteúdo queer na série derivada. Ela está retratando muito mais a forma como o mundo está hoje, de onde vêm a riqueza e os privilégios, e como você lida com isso”

Até o momento, há poucas informações sobre o roteiro da trama. O que se sabe é que a história vai se passar novamente na Constance Billard School for Girls anos depois do fim da série original. Além disso, para a alegria dos fãs, recentemente, foi confirmado o retorno de Kristen Bell como narradora no novo projeto.

Ainda sem data de lançamento marcada, a nova “Gossip Girl” será exclusiva da HBO Max, que é o serviço de streaming da Warner, cuja estreia está agendada para maio de 2020.

Outras matérias

Tecnologia:NWi, empresa de tecnologia 100% brasiliense, coloca a Capital na linha de frente do mercado de Data Center

De olho na crescente digitalização das empresas, que se intensificou com a pandemia causada pelo Covid-19, a NWi Telecom, empresa 100% brasiliense com mais 25 anos de mercado, anuncia a expansão para aumentar a capacidade do serviço Cloud e Hosting com um novo Data Center Tier III. Com equipamentos e estrutura que garantem a qualificação Tier […]

Mais empregos: Agências do trabalhador têm maior número de vagas do ano

Com salários e até R$ 4 mil, as oportunidades contemplam 65 profissões e variados níveis de escolaridade. Em apenas uma semana, o número de vagas oferecidas por meio das agências do trabalhador do Distrito Federal subiu 50,42%. Nesta sexta-feira (25), são 704 oportunidades, com salários que chegam a R$ 4 mil, dando espaço para pessoas […]