DF: Crianças revitalizam praça no Sudoeste

Crianças revitalizam praças no Sudoeste

O local ganhou vida e um novo nome: Pracinha Ipê Roxo

Alunos da escola Céu de Brasília, com idades entre um e cinco, juntamente com o apoio de familiares e do 45º Grupamento de Bombeiro Militar do Sudoeste (GBM) trabalharam juntos para dar uma nova perspectiva à praça da QRSW 7 – Sudoeste.

A atividade faz parte do Projeto Afetividade, uma ação interna da escola que tem por objetivo incentivar as crianças a cuidar do meio em que vivem. Durante as aulas de Educação Ambiental, os pequenos visitam frequentemente o entorno do colégio expandindo suas atividades à toda comunidade. Em meio aos passeios escolheram a praça do Sudoeste por avaliarem que precisava de um cuidado maior.  “Com a mediação das educadoras, começaram a refletir sobre o que gostariam que a pracinha tivesse. Desenharam, pintaram e, para arrecadar o dinheiro necessário à revitalização, produziram pipocas e dindins, e os venderam para os amigos e familiares dos outros Ipês, ao fim do turno”, informou a diretora pedagógica Mariana Létti.

O local foi ganhando colorido e, dessa forma, nasceu a Pracinha Ipê Roxo.  “Um espaço para as crianças da escola e da comunidade se divertirem e um exemplo que cada pequena ação traz grandes mudanças, internas e externas”, complementou a diretora.

Serviço

Escola Céu de Brasília

Tel: (61) 3032-1919

www.escolaceudebrasilia.com.br

Outras matérias

BSB: Grupo usa caixas de leite para isolar paredes de barracos contra o frio

Projeto batizado de Paredes do Bem é coordenado por voluntários do Senado Federal e vai entregar placas térmicas para aquecer moradias no DF. Estamos no período de inverno e o Distrito Federal tem registrado dias gelados desde o início do mês de junho. Nas áreas mais vulneráveis da capital da República, muitas famílias vivem em condições […]

Arte: Faculdade de Artes Dulcina de Moraes apresenta espetáculo online “Não é preciso ser feliz para recomeçar”

Não é preciso ser feliz para recomeçar, de Fernando Guimarães Considerações sobre uma epidemia Em média-metragem resultado de uma pesquisa das linguagens literária, dramatúrgica e cinematográfica, o novo trabalho do diretor Fernando Guimarães traz para a Mostra Dulcina personagens que relatam histórias de isolamento “Sei que o homem é capaz de grandes ações. Mas se […]