Carnaval:Bloco Samba da Mulher Bonita promete agitar pré-carnaval brasiliense

Bloco Samba da Mulher Bonita promete agitar pré-carnaval brasiliense

Sambista e compositora Kika Ribeiro comanda a 2ª edição do bloco.  DJ Loly e Mirian Marques também tocarão na folia no Estacionamento do Centro Comercial do Cruzeiro Velho, dia 15 de fevereiro

 O momento é de carnaval e samba no pé. E, disto, a brasiliense Kika Ribeiro entende bem. Compositora, cantora e sambista, ela mesma afirma: “Eu não nasci no samba, mas o samba nasceu em mim”. Após comandar em fevereiro de 2019 a primeira edição do bloco Samba da Mulher Bonita – de sua autoria-  a artista volta com tudo  para levar o samba de raiz no bloco que nasceu para valorizar a cultura local e incentivar a paz, o respeito, a igualdade e as mulheres, que fazem acontecer na cultura que pulsa no Distrito Federal.

Kika sairá com seu grupo na 2ª edição do Samba da Mulher Bonita no dia 15 de fevereiro, sábado, a partir das 17h, no estacionamento do Centro Comercial do Cruzeiro Velho (Sres Quadra 3- Cruzeiro Velho). O evento de pré-carnaval contará ainda com a participação da cantora e arranjadora Mirian Marques e da DJ Loly. Poderosas, vão garantir o sucesso na folia totalmente 0800 e livre para todos os públicos.

Criado por Kika Ribeiro e pela produtora cultural Cláudia Rodrigues, o Samba da Mulher Bonita era um evento realizado tradicionalmente há mais de quatro anos nos antigos restaurantes Divinu’s Pub e Sambistrô (Cruzeiro Velho).  De lá para cá, entre 2018 e 2019, o samba que rolava aos domingos cresceu e virou um bloco oficial que atraiu mais de 2 mil foliões no pré-carnaval de 2019.

“E reunimos várias mulheres feras de Brasília. Agora, voltamos com Mirian Marques e DJ Loly, duas ativistas que se destacam na cena cultural do Distrito Federal. Será um evento que homenageará as mulheres e o samba autoral e de raiz, que é forte na nossa capital”, destaca Kika, feliz.

Ao lado dos músicos Flávio Henrique Dias (violão 7 cordas), Danilo Avellar (percussão), Eitor Ribeiro (pandeiro), Caio Gomes (cavaco) e Edmilson dos Reis (missô), a artista irá rememorar clássicos de Cartola, Clara Nunes, Beth Carvalho, além de tocar muito axé, forró e as clássicas marchinhas de carnaval.

O repertório contará ainda com canções autorais da sambista como Negra de FéA Receita de Ser Feliz e Me Deixa no Samba. As músicas foram compostas em parceria com Thiago Castro. Kika irá ainda apresentar Eterno Amor, a sua mais nova composição.

“E o bloco que vem para empoderar as mulheres da cidade faz ainda uma campanha contra a violência de gênero e também combate o preconceito, em todas as suas formas. Só queremos paz para pular muito o carnaval e dar voz para elas. Nós mulheres merecemos respeito”, exclama.

O bloco Samba da Mulher Bonita conta com o patrocínio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal por meio do Fundo de Apoio à Cultura (FAC-DF). A sua ideia é promover a inclusão, valorizar e clamar pelo respeito às mulheres. Produção: Criativa Empreendedorismo.

Serviço:

2ª edição do Bloco Samba da Mulher Bonita com Kika Ribeiro, Mirian Marques e DJ Loly

Data: 15 de fevereiro (sábado) de 2020

Local: Estacionamento do Centro Comercial do Cruzeiro Velho (Sres Quadra 3- Velho)

Horário: A partir das 17h

Entrada: gratuita

Classificação livre

Informações no evento do Facebook: blocosambadamulherbonita – https://www.facebook.com/events/884177132026401/

Outras matérias

Agências do trabalhador oferecem 65 vagas nesta terça-feira (14)

Oportunidades têm remuneração entre R$ 1.045 e R$ 3.040 A vaga para encarregado de construção civil é a que oferece o melhor salário nesta terça-feira (14) nas agências do trabalhador. São R$ 3.040, mais benefícios. Para concorrer é preciso ter experiência na área e Ensino Médio completo. Confira o quadro de vagas Além dessa, outras […]

Ano letivo retorna nesta segunda (13) com aulas remotas

Presença dos estudantes será aferida pela realização de atividades escolares tanto no Google Sala de Aula como nos materiais impressos Começa nesta segunda-feira (13) o retorno do ano letivo para os quase 460 mil estudantes da rede pública de ensino do Distrito Federal. Mas com uma importante diferença: as atividades escolares serão não presenciais. Cada […]