BSB: Governo do DF dá início ao processo de transformação digital

Objetivo é modernizar o Estado, agilizar atendimento e promover entregas à sociedade

Secretários de Estado, dirigentes de empresas públicas, de autarquias e de fundações reúnem-se nesta terça (4), das 15 às 17 horas, no Salão Nobre do Palácio do Buriti, para tratarem da implementação da Estratégia de Governança Digital do Distrito Federal e instalação do Comitê Gestor de Transformação Digital.

Transformação Digital Governamental é o processo de integrar tecnologia digital, facilitando o acesso dos cidadãos e empresas aos serviços públicos prestados nos diferentes órgãos e entidades.

A determinação de governo é de que deve haver um esforço integrado para acelerar a transformação dos serviços públicos a partir de plataformas comuns para os diversos órgãos e entidades.

Um bom exemplo desse esforço a que se propõe o GDF é o Portal de Serviços do Governo Federal, que reúne mais 3,3 mil serviços ofertados por diversos órgãos e entidades da administração pública federal por meio de um único acesso digital, sem necessidade de realizar novos cadastros ou decorar diversas senhas.

Em 11 de novembro, o governador Ibaneis Rocha editou o Decreto nº 40.253/2019, que instituiu a Política de Governança Digital do DF. Em seguida, no dia 26 de novembro, inspirado na experiência exitosa do governo federal para regulação dos serviços públicos disponibilizados em meio digital, o GDF aderiu à Rede Nacional de Governo Digital (Rede Gov.Br).

A Política de Governança tem três grandes objetivos: criar suporte tecnológico necessário para uma comunicação eficaz no atendimento às demandas de serviços públicos pelos cidadãos; eliminar a burocracia para que os empreendedores invistam aqui, gerando emprego e renda; e promover a integração digital dentro do próprio governo, para que seja oferecida uma experiência cada vez melhor na prestação de serviços públicos.

De acordo com o Decreto nº 40.253/2019, caberá à Secretaria de Economia (SEEC) editar a Estratégia de Governança Digital da administração pública distrital, documento que definirá os objetivos estratégicos, as metas, os indicadores e as iniciativas da Política de Governança Digital e norteará programas, projetos, serviços, sistemas e atividades a ela relacionados.

”O que se pretende é modernizar o Estado, agilizar o atendimento às pessoas, reduzir a máquina e promover entregas”, explica o secretário de Economia, André Clemente.

Com informações da Secretaria de Economia 

Outras matérias

5 profissões que podem crescer dentro de um coworking

Ecossistema colaborativo abre portas para parcerias e novos negócios Empreendedores individuais, trabalhadores autônomos e liberais não têm resistido aos benefícios de trabalhar dentro de um coworking. A redução de custos, a flexibilidade na contratação/cancelamento dos serviços, e o desenvolvimento de uma rede de contatos são algumas das dezenas de vantagens que tem levado profissionais das […]

Variedade: Escritório virtual facilita abertura de novas empresas no DF

De acordo com a Junta Comercial do Distrito Federal, só em janeiro deste ano foram abertas 1.132 empresas, 64% a mais que no mesmo período do ano anterior A maior dificuldade para quem está começando um negócio é conseguir recursos para abrir a empresa e mantê-la em funcionamento nos primeiros meses. Segundo o Sebrae (Serviço […]

Gastronomia: Degustação de hambúrguer e batata grátis no Tá Doido Burger

A hamburgueria promove a superpromoção no próximo dia 3 durante o almoço Deu a louca na nova hamburgueria da cidade. O Tá Doido Burger, recém-inaugurado no Setor Comercial Sul, abre as portas para os brasilienses saborearem os deliciosos hambúrgueres da casa. É uma ótima oportunidade para quem ainda não provou, experimentar os sanduíches que trazem […]