BSB: Adriana Nunes e Marcello Linhos apresentam Conte Lá que Eu Canto Cá

Conte la que eu canto ca Mariana Galiza

Espetáculo de integrantes dos Melhores do Mundo mescla causos, contos, modas, histórias cantadas e músicas entoadas. Última sessão será no dia 16 de dezembro no Teatro do Brasília Shopping. A direção é de Fernando Guimarães.

Após sucesso na estreia no dia 9 de dezembro, os integrantes da Cia. de Comédia Os Melhores do Mundo, Adriana Nunes e Marcello Linhos, voltam juntos e cômicos, como sempre, com o espetáculo cênico-musical Conte Lá Que Eu Canto Cá. Uma boa pedida para encerrar o ano e assistir a uma bela história que lança um novo olhar sobre o sertão do Brasil e mistura as fronteiras e os sotaques dirigida por Fernando Guimarães. A peça encerra temporada de 2019 no dia 16 de dezembro, às 20h, no Teatro do Brasília Shopping (SCN QD 5 – W3 Norte).  Ingressos: R$ 30 (meia-entrada). Livre para todos os públicos.

Causos goianos do hilário Geraldinho de Goiás lado a lado com a poesia “matuta” de Patativa do Assaré e Catulo da Paixão Cearense. Ainda, as histórias de Guimarães Rosa e Maria Valéria Rezende. Esses contos e boas histórias são ainda entremeados pelo forró de Sivuca, pelo pagode de Viola de Tião Carreiro, dentre outros. O resultado:  uma tremenda viagem pelo Sertão do Nordeste ao Goiás, do forró pra cantilena.

Em Conte Lá Que Eu Canto Cá, a plateia poderá entrar em contato com o universo real do interior do Brasil e com sua cultura popular quase sempre estereotipada pela televisão. Em uma viagem de 1 hora o público entrará em contato com o Brasil raiz e poderá conferir o trabalho da dupla acompanhada em cena pelo violonista e cavaquinista Nelson Latif e pelo bandonilista e violonista Marcelo Lima, músicos condagrados no Brasil e exterior.

“O espetáculo é destinado a todas as faixas etárias. Desde os muito jovens que vislumbrarão um outro Brasil, até os mais velhos interessados em ouvir um bom causo e uma boa moda de viola pra se divertir. Tendo o humor na verve, a peça faz rir e emociona ao mesmo tempo, pois nos faz entrar em contato com a raiz do nosso povo que tem na alegria e otimismo uma boa forma de viver uma vida quase sempre marcada por muita luta”, destacam Adriana e Marcello.

 

 

Outras matérias

Economia: BC: atividade econômica mostra sinais de recuperação parcial

Indicadores de atividade mostram sinais de recuperação parcial da economia brasileira, avaliou o Banco Central (BC), no Boletim Regional divulgado hoje (14). “Todavia, a atividade econômica mostra sinais de recuperação parcial, com setores mais diretamente afetados pelo distanciamento social ainda bastante deprimidos, apesar da recomposição de renda gerada pelos programas de governo [como o auxílio […]

BSB: Mais de 200 vagas nesta sexta-feira (14)

Melhor salário é de R$ 3.500, oferecidos ao atuário, profissional formado para mensurar e administrar riscos Com 50 vagas de emprego abertas, a profissão de consultor de vendas é a que oferece maior número de oportunidades nas agências do trabalhador nesta sexta-feira (14). O salário oferecido é de R$ 1.045, mais benefícios. Aos interessados, basta […]

“Diálogo e investimentos para melhorar educação pública”

Secretário de Educação contabiliza reformas de escolas, fala das visitas às regionais e comenta sobre o cronograma de retorno às aulas presenciais. Há dois meses no comando de uma das mais importantes pastas do Governo do Distrito Federal, o secretário de Educação, Leandro Cruz, percorre com frequência as regionais de ensino para verificar quais as […]