Brasília recebeu mais de 900 pessoas na 5ª edição do Edtech Meetup

O debate pelo futuro da educação contou com boas conversas e exposição de ideias

A capital federal recebeu ontem (dia 17) reconhecidos nomes da

Educação do país, além de entusiastas do futuro do ensino e os representantes das mais importantes edtechs do país, durante a 5ª edição do Edtech Meetup, realizado no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. Com um público estimado em mais de 900 pessoas, o evento consolidou-se como um dos mais importantes do segmento no Brasil.

O objetivo principal do evento, que ocorre desde 2017, é realizar a ponte entre as edtechs (startups de educação) e o mercado educacional de Brasília. “Toda a ideia começou despretensiosamente no WhatsApp, com o intuito de manter as edtechs brasilienses em constante contato. É gratificante ver o quanto crescemos até aqui”, ressalta, Nathalia Kelday, idealizadora e coordenadora do evento.

Dentre os destaques desse ano estiveram as palestras de José Pacheco, Eduardo Valladares e Rodolfo Bertolini, que debateram sobre o futuro da educação e as inovações no ensino. Além das conversas, também houve exposições de 30 edtechs brasileiras que inovam em diversos segmentos, como plataformas educacionais e aplicativos.

Segundo Nathalia, essa edição superou todas as expectativas. “Foi excelente para todos os participantes, para os expositores, palestrantes, patrocinadores e participantes”, ressalta.

No fim da noite, as edtechs Goeduca, Meta Maker e Gomining foram as vencedoras do campeonato de pith e levaram para casa prêmios em dinheiro.

A organizadora destacou que os planos para a próxima edição são realizar o evento durante toda a manhã e tarde e superar os números da 5ª edição.

Outras matérias

O PULO DO GATO: Gato pula no tanque de batismo de uma igreja e vídeo vira-liza nas redes sociais

O bichinho foi resgatado instantes depois e recebeu todos os cuidados de uma equipe da igreja Um vídeo inusitado viralizou nas redes sociais nos últimos dias. No domingo, 13, enquanto o pastor Daniel Leite pregava na Igreja Adventista do Sétimo Dia do Sudoeste, em Brasília, um gato pulou no tanque de batismo, que estava cheio […]

UNIEURO: Professores médicos são obrigados voltar às aulas

Alunos, do curso de medicina, e professores estão reféns do Centro Universitário UNIEURO que tem como preocupação de manter sua mensalidade no valor R$ 10.164,75 e exige que professores médicos voltem às aulas e provas presenciais. Esquecem os dirigentes o caso de infecção, pela covid-19, de uma médica e professora da instituição, que exigem provas […]