Brasília: Hospital de Samambaia ganha recuperação e melhorias internas

Esta é a primeira vez que a unidade recebe manutenção predial desse porte

Quem passa pela rua já consegue ver as mudanças no Hospital Regional de Samambaia. A fachada foi recuperada e ganhou pintura nova pela primeira vez desde que o prédio passou aos cuidados da Secretaria de Saúde. Na unidade, que completou 17 anos, também houve revitalização de piso em algumas áreas, atualização da portaria central, reforma no espaço para acolhimento e triagem de pacientes do pronto-socorro, entre outras benfeitorias.

“Há muito tempo o hospital esperava por essa reestruturação, otimização de espaço, o que é um ganho para a população e servidores. Outras reformas estão previstas para melhor acolher a população de Samambaia que tanto necessita de um atendimento adequado. Temos a preocupação de realizar essas adequações, impactando positivamente no atendimento”, destaca o superintendente da Região de Saúde Sudoeste, Luciano Agrizzi.

Até o momento, foram investidos R$ 440 mil. As intervenções são realizadas pela empresa de manutenção predial que possui contrato vigente.

Para a supervisora de enfermagem, Thais Maria Alves Pereira, um dos pontos mais positivos desta reformulação foi o novo local de acolhimento. “Agora, temos um espaço físico adequado para o atendimento aos pacientes, mais confortável, com privacidade e individualidade e com possibilidade do acolhimento dos que são trazidos pelo Samu e bombeiros. Isso, antes, não havia, pois não entrava maca no antigo local”, relata a servidora.

Melhorias

Com a manutenção, foi criado um novo espaço onde as puérperas podem aguardar os acompanhantes no pós-alta. Outro novo espaço beneficia os servidores: é a sala de práticas integrativas, voltada à promoção de bem-estar. “Acredito que essas terapias trazem melhorias para a saúde dos servidores, o que influencia diretamente na qualidade do atendimento aos pacientes”, afirma a enfermeira Ivone Marinete dos Santos Rocha.

Foram instaladas novas portas de fuga no Centro Obstétrico e trocada a porta de acesso externo. Fora do HRSam também houve pintura das grades e revitalização do piso da tenda, onde os pacientes costumam tomar sol durante o dia e também acontecem vários eventos do hospital. As lâmpadas de todo a unidade foram substituídas pelas do tipo Led, reduzindo o consumo de energia.

* Com informações da Secretaria de Saúde

Outras matérias

BSB: Governo distribui 40 mil máscaras e conscientiza população sobre Covid-19

Ação se concentra nas quatro cidades onde avançam os casos confirmados da doença: Ceilândia, Sol Nascente/Pôr do Sol, Samambaia e Estrutural. Além da tropa da saúde pública, megaoperação reuniu homens e mulheres do DER/DF, do Corpo de Bombeiros e das polícias Civil e Militar, entre outros órgãos | Foto: Acácio Pinheiro / Agência Brasília Atendendo […]