A homenagem emocionante aos 100 anos de Orlando Drummond, o Seu Peru

©Reprodução/Instagram/Veja SP O ator e dublador Orlando Drummond, que completou cem anos de idade na última sexta-feira, 18, fez uma participação especial no último episódio da atual temporada da Escolinha do Professor Raimundo, que foi ao ar neste domingo, 20. A homenagem ao centenário do artista foi gravada em maio, quando ele ainda tinha 99 anos.

Na ocasião, o Seu Peru vivido por Marcos Caruso se depara com o personagem original. O ator sabia que, ao entrar na sala de aula, a cena seria contracenar com um Seu Peru “falso”, mas não sabia que seria interpretado por Drummond.

Após a surpresa, o Professor Raimundo, interpretado por Bruno Mazzeo, filho de Chico Anysio, pede à turma que cante Parabéns a Você para o aniversariante de cem anos.

“Não tem preço. Enquanto eu estiver vivo, estarei presente com muito amor e carinho. Obrigado, obrigado, obrigado”, agradeceu Orlando Drummond nas gravações.

Em entrevista ao Estado, por ocasião dos cem anos, Drummond afirmou que a alegria e o humor o ajudaram a ter uma vida mais longeva e feliz.

“Antes do humor, tem o bom humor, que eu sempre tive, graças a Deus. Por isso, eu andei pelos caminhos que andei e cheguei aonde

cheguei. Na verdade, eu sempre defendi a tese de que as duas coisas mais importantes da vida são amor e humor. A alegria sempre esteve na minha vida. Então a melhor forma de retribuir tanta alegria que a vida me deu foi espalhando a alegria com o meu trabalho”, disse o ator.

O início de Orlando Drummond

Orlando Drummond sabe até mesmo a data em que tudo começou em sua carreira. Foi na Rádio Tupi, em uma sexta-feira, 13 de agosto de 1942. “Dizem que dá azar, só me deu sorte”. Em entrevista a Zé do Caixão, relembrou detalhes de como chegou à Tupi: “Foi muito engraçado. Eu não tinha nada a ver com rádio. Começou com uma briga na Lapa, fui tomar partido de um amigo, Frederico, que era da polícia especial.”

cheguei. Na verdade, eu sempre defendi a tese de que as duas coisas mais importantes da vida são amor e humor. A alegria sempre esteve na minha vida. Então a melhor forma de retribuir tanta alegria que a vida me deu foi espalhando a alegria com o meu trabalho”, disse o ator.

O início de Orlando Drummond

Orlando Drummond sabe até mesmo a data em que tudo começou em sua carreira. Foi na Rádio Tupi, em uma sexta-feira, 13 de agosto de 1942. “Dizem que dá azar, só me deu sorte”. Em entrevista a Zé do Caixão, relembrou detalhes de como chegou à Tupi: “Foi muito engraçado. Eu não tinha nada a ver com rádio. Começou com uma briga na Lapa, fui tomar partido de um amigo, Frederico, que era da polícia especial.”

Outras matérias

Cremesp interdita médico denunciado por abuso sexual em São Paulo

O médico Abib Maldaun Neto foi suspenso cautelarmente pelo Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) em decorrência de denúncias sobre abuso sexual. A interdição terá validade a partir da publicação em Diário Oficial da União, para o qual o edital já foi enviado. Segundo o conselho, a suspensão é válida por seis […]

Celebridade:Felipe Neto agradece aos pais após entrar na lista de 100 mais influentes do mundo da ‘Time’

‘Eles poderiam ter me forçado desistir da luta por medo. Mas o que eles me deram foi força’, comentou o influenciador digital após publicação da edição 2020 de lista da revista. Felipe Neto usou as redes sociais para comentar a inclusão de seu nome na lista das 100 pessoas mais influentes do mundo em 2020 elaborada […]