A dois dias do Enem, ainda dá para estudar redação? Veja 6 dicas de professores

Professores sugerem que candidatos analisem textos nota mil. Dominar as características da dissertação também pode ajudar a melhorar desempenho.
Redação do Enem será aplicada no domingo, dia 3 de novembro — Foto: DivulgaçãoRedação do Enem será aplicada no domingo, dia 3 de novembro — Foto: Divulgação

Redação do Enem será aplicada no domingo, dia 3 de novembro — Foto: Divulgação

É claro que nada substitui os estudos e os exercícios realizados durante o ano. Mas o que fazer aos 45 minutos do segundo tempo?

O gênero da redação do Enem é sempre o dissertativo-argumentativo. A menos de uma semana da prova, vale relembrar os principais elementos da estrutura exigida. “Mais do que saber qual tema será cobrado, é essencial dominar a forma de organizar o texto. Precisa saber montar uma introdução, uma argumentação contundente e, principalmente, uma conclusão adequada”, explica Tatiana Nunes, professora de redação do Colégio Mopi (RJ).

Segundo ela, o principal é pensar em uma solução para a situação-problema e detalhá-la. “A partir da proposta, o candidato deve apontar um agente (governo, ONGs, algum setor da sociedade) que a colocará em prática e deixar claro o objetivo da intervenção sugerida”, diz.

Não adianta ser especialista no tema, mas não conseguir estruturas as ideias no formato correto.

Outras matérias

Pets: Zoonoses vacinou mais de 180 mil cães e gatos em 20 meses

Trabalho da saúde ajudou a colocar o DF como referência nacional em cobertura vacinal contra raiva. Foto: arquivo Secretaria de Saúde O Distrito Federal é referência nacional em cobertura vacinal contra a raiva em animais domésticos. Pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que, em 2019, o DF tinha a maior proporção […]

‘Quem abusa de criança não tem transtorno mental, só se sente no direito’

Legenda da foto,Luciana Temer é presidente do Instituto Liberta, que atua no combate à exploração sexual de crianças e adolescentes O discurso de que o abuso sexual de crianças e adolescentes é uma violência excepcional e praticada por “monstros” é parte das ideias que a advogada Luciana Temer quer combater. “Minha briga é mostrar para […]