Tufão leva governo dos EUA a decretar emergência nas Ilhas Marianas

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou hoje (8) estado de emergência nas Ilhas Marianas do Norte e ordenou que seja prestada ajuda federal às autoridades locais em razão da passagem de um tufão.

O jornal Pacific Daily News noticiou que o tufão Hagibis vai atingir nesta terça-feira a ilha de Anatahan, a cerca de 130 quilômetros ao norte de Saipan, no Oceano Pacífico.

O Serviço Nacional de Meteorologia mantém o aviso de tufão para as ilhas Saipan e Tinian, mas cancelou um alerta de tempestade tropical para Guam, que fica mais ao sul.

O jornal informou ainda que 140 moradores de Guam foram obrigados a usar abrigos de emergência.

A declaração de Trump  autoriza a Agência Federal de Gestão de Emergências a coordenar os esforços de socorro.

Hoje pela manhã, o tufão estava a 290 quilômetros a noroeste de Saipan, com ventos máximos sustentados de 260 quilômetros por hora.

As Ilhas Marianas do Norte, na Micronésia, formam  um estado livremente associado aos Estados Unidos, com uma população de 56 mil pessoas.

As Ilhas Marianas  constituem um arco vulcânico no encontro das placas tectônicas das Filipinas e do Oceano Pacífico.

Agencia Brasil

 Tags: Ilhas Marianas, Oceano Pacífico,USA.

Outras matérias

DIA 19 DE OUTUBRO – 30 COSTELÕES ASSADOS COM O APOIO DO SUPERMERCADO PRIMOR

Durante o mês de outubro, Samambaia comemora seu aniversário de 30 anos. Pensando nisso, a Administração Regional de Samambaia e o Governo do Distrito Federal prepararam uma série de atrações e ações para prestigiar a população que reside na cidade. Essa é uma data de muito orgulho para a população da cidade, que atualmente é […]

Mais três pacientes farão terapia anticâncer testada por aposentado

‘Já temos uma fila para usar terapia anticâncer’, diz hematologista Desenganado pelos médicos e sem outras alternativas de tratamento contra o câncer, o aposentado Vamberto Luiz de Castro, de 62 anos, foi submetido a uma terapia celular experimental no mês passado. Menos de 20 dias depois, seus exames comprovavam a remissão do tumor. Agora, mais […]